T E X T O  P E D R O  B O T T O N
I M A G E N S  H A N N A H  U E S U G I  &  P E D R O  B O T T O N
BOSSA NOVA HOSTEL é um hostel em Paraty, para o qual criamos a marca e as suas primeiras aplicações em 2016.
M A R C A
Na marca do Bossanova, hostel que dois amigos meus de longa data abriram no começo de 2016, nós trabalhamos com inspirações e referências tanto do que acreditávamos ser apropriado para o nosso projeto quanto do que gostaríamos de evitar.
Como o nome do hostel já é bastante significativo — nome este que já existia quando o estabelecimento foi adquirido pelos novos proprietários — evitamos qualquer tipo de brasilidade óbvia para o desenho da marca. Se conversou de tentar utilizar símbolos relacionados ao universo da música para a marca — violão, pandeiro, nota musical — mas sentimos que isto deixaria a identidade visual batida e que também não resultaria no tipo de linguagem gráfica que acreditamos.
Assim, a pesquisa por referências foi para um lado mais relacionado à linguagem da hotelaria em outros lugares do mundo, como os projetos do Hotel Daniel e do Simple Hostel, e assim chegar numa identidade mais global e contemporânea, aspectos bem-vindos para um hostel na nossa visão.
Ao compreender a palavra “bossanova” como única em vez de “bossa nova”, nossa intenção foi criar uma disposição dela que reforçasse o aspecto de marca. Tendo ela nove letras, a quebra de 3x3 letras nos pareceu interessante e dinâmica o suficiente para que se atingisse somente pela escrita do nome a potência de símbolo.
a p l i c a ç Ã O
A pesquisa tipográfica foi, como sempre, uma etapa importante no desenvolvimento do projeto. A Estilo, da fundição portuguesa DSType, se apresentou como uma tipografia interessante por conter dentro de si uma simplicidade geométrica, alinhada com um certo tipo de humor, o que, para nós, traria credibilidade e leveza para a identidade visual do hostel. A Estilo ainda apresenta pequenas variações no desenhos dos caracteres (como os dois “A”s que variam da versão quadrada para a versão horizontal) e também terminações arredondadas, o que atribuiu a descontração característica do hostel ao desenho da marca.
As cores escolhidas — azul e amarelo — vieram dos próprios clientes que identificaram que essa combinação é muito comum na cidade de Paraty, assim como nas diversas cidades históricas brasileiras.
A partir do desenho principal, isto é, a grafia do “bossanova”, iniciou-se um trabalho de como incluir as informações auxiliares da marca, no caso “paraty” e “hostel”. Para isso, buscamos a referência, de forma extremamente simplificada, das representações das plantas de arquitetura na busca de trazer o conceito de lugar para dentro da marca. Assim, as linhas ao mesmo tempo envolvem e abrem a marca, como uma representação do que é um hostel: um lugar que recebe e abriga.
s i n a l i z a ç ã o
Na sinalização, aplicamos a identidade visual a partir de fortes alinhamentos e tentamos tirar proveito da propriedade bilíngue dessa sinalização, bastante importante para um estabelecimento que recebe turistas do mundo todo.
s i t e
Devido à complexidade de desenvolver um bom site para um hostel — boas fotos, sistema de reserva, painel administrativo para organizar pagamentos etc. — e pelo curto tempo e orçamento dos clientes durante o lançamento do novo hostel, desenvolvemos apenas um site provisório contendo endereço, telefones e links para email e redes sociais. A foto é da Hannah na praia do Pontal, em Paraty.
r e d e s  s o c i a i s
Esse conceito se desdobrou na comunicação visual do hostel através das mídias sociais. Agora utilizando a tipografia auxiliar, a DIN Round, a  divulgação funciona através da apropriação de trechos de músicas do universo da Bossa Nova e transformando-as em frases de comunicação do hostel, sempre contidas nos retângulos com duas arestas abertas, relacionando-se assim diretamente ao desenho da marca.
F I C H A  T É C N I C A
EMPRESA BOSSA NOVA HOSTEL   PROJETO DE MARCA PEDRO BOTTON
FONTES ESTILO e FF DIN ROUND   ANO 2016

OUTROS ARQUIVOS

Back to Top